Unicef destaca projeto educacional com aulas de skate no Afeganistão

Ouvir /

Batizado de "Skateistan", programa busca gerar oportunidades para crianças marginalizadas; 40% dos participantes são meninas.

Foto: Skateistan

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York. 

Um projeto que combina aulas de skate e educação para menores no Afeganistão chamou a atenção do Fundo das Nações Unidas para a Infância, Unicef.

O programa Skateistan promove interação multicultural e oferece oportunidades de empoderamento para crianças marginalizadas no país. Criado pelo skatista australiano Oliver Percovich em 2007, atualmente 400 crianças participam das aulas.

Tradição

Metade dos participantes, que tem entre cinco e 18 anos de idade, trabalha nas ruas e 40% são meninas. O desafio é atrair garotas para as aulas, já que pela tradição afegã, depois que completam 12 anos, elas estão proibidas de participar de atividades em público com meninos.

Para contornar o problema, a equipe do Skateistan construiu uma pista de skate em ambiente fechado e fornece aulas exclusivas para meninas. Assistentes sociais vão até as famílias e discutem como é importante para as garotas se divertirem, praticarem um esporte e terem acesso à educação.

Habilidades

Em declarações ao Unicef, Percovich afirmou que o projeto faz sucesso porque "cria um ambiente onde as crianças podem desenvolver várias habilidades, como liderança, responsabilidade cívica, multimídia, cultura, tradições e paz".

O criador do Skateistan destaca também que a interação é imperativa no Afeganistão, onde pessoas de diferentes etnias não aceitam umas às outras facilmente e as disparidades sociais entre as crianças são acentuadas.

O programa começou em Cabul, capital afegã, e já foi ampliado para o Paquistão e Camboja.

 

 

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 16 DE ABRIL DE 2014
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 16 DE ABRIL DE 2014
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

abril 2014
S T Q Q S S D
« mar    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930