ONU lança iniciativa para eliminar cólera no Haiti

Secretário-Geral quer ajuda de US$ 500 milhões, equivalente a R$ 1 bilhão, para projetos de prevenção, tratamento e educação.

Foto: Unicef/Marco Dormino

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

A Organização das Nações Unidas lançou, esta terça-feira, uma iniciativa para eliminar o cólera no Haiti e na República Dominicana.

Segundo as Nações Unidas, só no Haiti, a doença já matou mais de 7,7 mil pessoas e infectou pelo menos 620 mil.

Plano

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, disse que o Haiti vai precisar de US$ 500 milhões, equivalente a R$ 1 bilhão, pelos próximos dois anos para implementar o plano.

A iniciativa vai investir em prevenção, tratamento e educação. O foco das autoridades é ampliar o fornecimento de água potável e o sistema sanitário.

Vacinação

Ban Ki-moon afirmou que a vacinação também será implementada, inicialmente, nas áreas de maior risco.

O Secretário-Geral disse que o fim do cólera é possível e que já ocorreu em regiões difíceis em todo o mundo. Para ele, a erradicação da doença no Haiti pode e irá acontecer.

Ban anunciou o médico, Paul Farmer, como seu conselheiro especial para acompanhar a implementação da iniciativa.

Ouvir /
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 22 DE SETEMBRO DE 2014
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 22 DE SETEMBRO DE 2014
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

setembro 2014
S T Q Q S S D
« ago    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930