ONU condena ataque que matou pelo menos oito em comício no Paquistão

Ouvir /

Em nota, Secretário-Geral repudiou o atentado terrorista em Peshawar, noroeste do país; ministro distrital, Bashir Bilour, entre as vítimas fatais; bomba feriu ainda 17 pessoas.

Ban Ki-moon

 

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.   

As Nações Unidas condenaram um ataque suicida que matou pelo menos oito pessoas, no sábado, no Paquistão.

O atentado suicida, durante um comício em Peshawar, no noroeste do país, deixou ainda 17 feridos.

Famílias

Entre as vítimas fatais está um ministro distrital, Bashir Bilour.

Em nota, o Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, expressou pêsames às famílias das vítimas e ao povo paquistanês. Ele afirmou ainda que as Nações Unidas continuam comprometidas no combate ao "flagelo do terrorismo."

Segundo a mídia paquistanesa, o homem-bomba teria invadido a casa do líder do Partido Nacional Awami, que integra a coalizão do governo.

Ainda de acordo com esses relatos, o Talebã do Paquistão teria assumido a autoria do ataque.

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 24 DE JULHO DE 2014
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 24 DE JULHO DE 2014
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

julho 2014
S T Q Q S S D
« jun    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031