OMS quer prevenir contaminação por chumbo em crianças

Ouvir /

Organização Mundial da Saúde diz que para reduzir nível de envenenamento países devem mapear áreas de risco; somente contaminação com tinta afeta 16 milhões de pessoas, diz ONG. 

Foto: Banco Mundial

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

Um estudo da OMS quer evitar ou reduzir os casos de contaminação por chumbo em crianças.

Para a Organização Mundial da Saúde, os países, principalmente aqueles com forte indústria de mineração, devem mapear as áreas de risco e manter os jovens afastados dessas regiões.

Inteligência

Segundo o autor do estudo, Alexander Van Geen, da Universidade Columbia, em Nova York, a exposição infantil ao chumbo resulta em baixo nível de inteligência e problemas de comportamento.

Para Van Geen, a melhor forma de se atacar o problema é evitar que as crianças possam ingerir solo contaminado, prática muito comum em regiões da América Latina, da África e da Ásia. Ainda segundo o estudo, um dos casos mais graves é o Peru, onde há muitas ocorrências de contaminação com chumbo.

Combate

A agência da ONU informou que a exposição ao metal está diminuindo no mundo graças ao fim do uso de chumbo na gasolina, nas tintas para pintura de casas e ao controle das emissões do material na indústria.

A OMS e o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente, Pnuma, criaram a Aliança Global para eliminar a tinta com chumbo.

Segundo a ONG Blacksmith Institute, a poluição causada por chumbo nas tintas coloca em risco, aproximadamente, 16 milhões de pessoas no mundo.

 

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 31 DE JULHO DE 2014
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 31 DE JULHO DE 2014
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

agosto 2014
S T Q Q S S D
« jul    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031