Conflito na Síria se espalha para áreas urbanas, diz relatório

Ouvir /

Atualização periódica da Comissão de Inquérito sobre o país mostra que civis estão arcando com o peso das violações de direitos humanos e das leis humanitárias; violência está se tornando sectária.

Refugiados sírios

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

O conflito entre tropas do governo e rebeldes na Síria está se alastrando, cada vez mais, para áreas urbanas. O alerta foi feito pela Comissão de Inquérito das Nações Unidas sobre o país, nesta quinta-feira.

De acordo com a Comissão, que é chefiada pelo brasileiro Paulo Sérgio Pinheiro, estão ocorrendo violações contínuas dos direitos humanos e das leis humanitárias. Segundo o documento, a violência está se tornando sectária.

Prisões e Desaparecimentos

O grupo analisou o período de 28 de setembro a 16 de dezembro. O relatório revelou que outros milhares de pessoas morreram ou ficaram feridas na violência, que está causando uma grande onda de deslocamentos internos.

Uma outra preocupação dos relatores são casos de prisões arbitrárias e desaparecimentos.

O conflito na Síria também está levando a uma destruição de sítios e patrimônios históricos.

Minorias

Tropas do governo e milícias estão atacando muçulmanos sunitas, e há relatos de que rebeldes estejam alvejando islâmicos alauítas e minorias pró-governo de católicos e ortodoxos entre outros.

A Comissão de Inquérito para o país está investigando alegações de crimes de guerra e contra a humanidade incluindo apuração de todos os massacres.

O governo sírio ainda não autorizou a entrada dos relatores ao país. A Comissão está entrevistando testemunhas e vítimas e já falou com cerca de 1,2 mil pessoas.

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 25 DE JULHO DE 2014
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 25 DE JULHO DE 2014
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

julho 2014
S T Q Q S S D
« jun    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031