Ban: sede da ONU fica como legado de Niemeyer para o mundo

Ouvir /

Secretário-Geral lamenta a morte do arquiteto brasileiro e diz que o trabalho dele tinha um senso poderoso de humanismo e engajamento global.

 

Sede das Nações Unidas

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

 O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, lamentou nesta quinta-feira a morte de Oscar Niemeyer, lembrando que ele foi um dos arquitetos originais da sede das Nações Unidas em Nova York.

O porta-voz de Ban, Martin Nesirky, leu a nota do Secretário-Geral.

Carreira Ilustre

Segundo Nesirky, Ban Ki-moon lembrou que a carreira de Niemeyer foi "longa e ilustre, mas o que o tornou um arquiteto marcante não foi apenas sua energia e talento."

Ban afirmou que Oscar Niemeyer colocou no seu trabalho um "senso profundo de humanismo e engajamento global".

O porta-voz disse ainda que Ban Ki-moon considera que a sede da ONU fica como um dos legados de Niemeyer para o mundo e que a organização fica "maravilhada com a visão dele em criar uma linda e inspiradora casa para que os funcionários trabalhem em serviço da humanidade".

Ban enviou também os pêsames à família de Niemeyer, ao governo e ao povo do Brasil.

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 17 DE ABRIL DE 2014
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 17 DE ABRIL DE 2014
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

abril 2014
S T Q Q S S D
« mar    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930