Ban manifesta solidariedade com vítimas do tufão que abalou as Filipinas

Ouvir /

Secretário-Geral manifestou disposição de oferecer assistência humanitária e a mobilizar o apoio internacional; com ventos de 193 quilómetros por hora, tufão Bopha já provocou cerca de 400 mortos.

Foto: UNOCHA/Charles Lim

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque. 

O Secretário-Geral das Nações Unidas expressou tristeza devido às mortes  e à gravidade de danos em habitações e infraestruturas causados pelo tufão Bopha nas Filipinas.

Em nota emitida esta quinta-feira pelo seu porta-voz, Ban Ki-moon disse que a ONU estava disposta a oferecer assistência humanitária e a mobilizar o apoio internacional.

Mortos e Desaparecidos

Com ventos de até 193 quilómetros por hora, a tempestade devastou a ilha provocando cerca de 400 mortos. Agências noticiosas indicam que pelo menos 379 pessoas são dadas como desaparecidas. As inundações e deslizamentos de terra também destruíram dezenas de milhares de habitações.

O tufão, localmente conhecido como Pablo, assola o sul das Filipinas desde a terça-feira. A tempestade segue-se ao tufão Washi, que em Dezembro assolou a ilha de Mindanao e matou mais de 1,4 mil pessoas.

Inundações

O Secretário-Geral também endereçou condolências ao "Governo e ao povo das Filipinas, particularmente aos que perderam membros da família e que tenham sido de outra forma afetados pelo desastre."

Com a passagem do tufão Washi, há cerca de um ano, cerca de 48 mil casas foram destruídas afetando 625 mil pessoas.

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 17 DE ABRIL DE 2014
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 17 DE ABRIL DE 2014
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

abril 2014
S T Q Q S S D
« mar    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930