Pnud pede ação ao juntar-se à Coalizão Global para Ar e Clima Limpos

Ouvir /

Agência quer evitar "efeitos catastróficos" gerados pelo aquecimento global em todo o mundo.

Foto: Pnuma

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

O Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, Pnud, afirmou que as mudanças climáticas estão ameçando ganhos realizados, com sacrifícios, por governos e cidadãos.

De acordo com a chefe do Pnud, Helen Clark, quanto mais o mundo espera, mais caros se tornarão os prejuízos e soluções para o problema.

Pobreza

Clark fez a declaração durante uma visita à Universidade Stanford, na Califórnia, onde também foi anunciado que o Pnud passou a integrar a Coalizão Global para Ar e Clima Limpos.

Segundo ela, sem uma ação mais coordenada para combater a mudança climática, será mais difícil reduzir a pobreza.

A chefe do Pnud e ex-primeira-ministra da Nova Zelândia lembrou que os 2,6 bilhões de pessoas mais pobres do mundo serão os piores afetados pelas mudanças do clima.

Para Helen Clark, todos os países podem atuar para combater os piores impactos do aquecimento global enquanto também geram novas indústrias e criam empregos mais sustentáveis.

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 31 DE OUTUBRO DE 2014
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 31 DE OUTUBRO DE 2014
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

novembro 2014
S T Q Q S S D
« out    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930