Para ONU, tolerância é central para convivência no mundo globalizado

Ouvir /

Secretrário-Geral acredita que luta contra discriminação é essencial para combater ignorância e extremismo; Dia Internacional pela Tolerância é celebrado nesta sexta-feira.

ONU pede luta contra discriminação

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

No Dia Internacional pela Tolerância, o Secretário-Geral da ONU defendeu que o conceito é central para a convivência no mundo globalizado, onde as sociedades são cada vez mais diversas. A data é comemorada nesta sexta-feira.

Para Ban Ki-moon, a "tolerância está sendo testada". A mensagem sobre o dia destaca que em tempos de pressões econômicas e sociais, muitos exploram o medo e apontam diferenças para levantar o ódio entre minorias e imigrantes.

Ignorância

O Secretário-Geral acredita que para conter a "ignorância, o extremismo e o ódio baseado em apelos políticos", a maioria deve lutar contra todas as formas de discriminação. Ban afirmou que a verdadeira tolerância requer fluxo livre de ideias, educação de qualidade e respeito aos direitos humanos.

Já a diretora-geral da Unesco ressalta que as "diferenças não devem ser fonte de divisão, mas sim de força". Irina Bokova lembra que a tolerância é um compromisso que deve ser aprendido e renovado todos os dias.

O Dia Internacional pela Tolerância foi criado pela Assembleia Geral em 1996 e deve ser observado por todos os países-membros das Nações Unidas.

 

 

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 29 DE AGOSTO DE 2014
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 29 DE AGOSTO DE 2014
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

setembro 2014
S T Q Q S S D
« ago    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930