ONU retoma ajuda humanitária a Goma após dias de interrupção

Ouvir /

Auxílio voltou a ser entregue no fim de semana a deslocados internos em 12 locais ao redor da capital da província de Kivu Norte; objetivo é alcançar 110 mil pessoas.

Foto: UNHCR/S. Modola

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

O Escritório das Nações Unidas para Assistência Humanitária, Ocha, informou ter retomado a ajuda humanitária à cidade de Goma, na República Democrática do Congo.

O auxílio havia sido suspenso, por alguns dias, devido aos combates entre tropas congolesas e rebeldes do movimento M23. O grupo é formado por militares do Exército revoltados.

Carregamento

Desde sábado, o Programa Mundial de Alimentos, PMA, está distribuindo comida assim como água e barras de sabonete.

O objetivo é alcançar 110 mil pessoas. Este é o primeiro carregamento humanitário na capital de Kivu Norte, que foi capturada pelo M23 no último dia 20.

Mas de acordo com o Unicef, apesar de as escolas terem sido reabertas, as aulas não puderam recomeçar porque os colégios estão abrigando os congoleses que fugiram da violência.

Muitos deslocados contaram ao pessoal das agências humanitárias que eles querem retornar em breve à casa, por isso, o PMA decidiu fazer pacotes com alimentos para apenas três dias. O resto da ajuda será enviado às áreas de residência das vítimas.

Doenças

De acordo com as agências, o transporte com ajuda será entregue primeiro a grávidas e pessoas com emergências de saúde. Ao todo serão usados quatro caminhões.

A violência atual em Goma já causou mais de 140 mil deslocados. A maioria precisa de abrigo e água potável. A escassez de saneamento básico já está provocando doenças como diarreia, vômito e infecções respiratórias.

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 29 DE AGOSTO DE 2014
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 29 DE AGOSTO DE 2014
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

setembro 2014
S T Q Q S S D
« ago    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930