ONU profundamente preocupada com evolução da violência na Síria

Ouvir /

Secretário-Geral, Ban Ki-moon, afirmou que incidente mostra que  confrontos afetam operações da missão de paz; 250 mil estão desalojados dentro do país.

Refugiados sírios

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

A ONU reagiu ao ataque desta quinta-feira perto do aeroporto de Damasco, capital da Síria, dizendo que está profundamente preocupada com a evolução da violência no país. Segundo agências de notícias, quatro boinas azuis das Nações Unidas foram baleados durante um fogo cruzado entre forças sírias e membros da oposição.

Para o Secretário-Geral, Ban Ki-moon, as operações de paz da organização estão sendo afetadas pelos confrontos. Os boinas azuis tinham encerrado o período de serviço para monitorar as Colinas de Golã e estavam sendo levados para o aeroporto para deixar o país.

Risco

Ban disse que o incidente mostra que os combates entre as forças sírias e as da oposição representam um sério risco para o pessoal da ONU na região.

Segundo Ban, a maior prioridade das Nações Unidas é com a segurança de seus funcionários.

Homs

Uma equipe do Alto Comissariado da ONU para Refugiados informou que na cidade de Homs milhares de desalojados estão vivendo em abrigos sem aquecimento.

Ao fim da visita de dois dias, o Acnur constatou que a metade dos hospitais de Homs está fora de operação. Faltam suprimentos básicos, que vão desde remédios a cobertores.

A organização Crescente Vermelho, na Síria, informou que o número de desalojados chega a 250 mil.

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 27 DE AGOSTO DE 2014
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 27 DE AGOSTO DE 2014
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

agosto 2014
S T Q Q S S D
« jul    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031