ONU lança campanha contra discriminação da Aids no ambiente de trabalho

Ouvir /

Segundo OIT, mais de 30 milhões de pessoas com HIV que trabalham enfrentam altos níveis de discriminação; objetivo da iniciativa é erradicar o preconceito.

Chefes de agências da ONU lançam a campanha. Foto: OIT/Marcel Crozet

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

 As Nações Unidas lançaram uma campanha para promover os direitos das pessoas com o HIV e combater a discriminação que elas enfrentam no ambiente de trabalho.

A Organização Internacional do Trabalho, OIT, afirma que mais de 30 milhões de pessoas o vírus que causa a Aids, que estão trabalhando, enfrentam altos níveis de preconceito. Com isso, o acesso delas aos empregos fica limitado. Já os jovens em idade para trabalhar formam 40% das novas infecções globais por HIV.

Empregos Seguros

A campanha "Chegando a Zero no Trabalho" é lançada à vésperas do Dia Mundial de Luta Contra a Aids, marcado no sábado. A iniciativa é apoiada por várias agências da ONU, incluindo a OIT, o Unaids e a Organização Mundial da Saúde, OMS.

A proposta é promover os direitos humanos, empregos seguros e maior acesso à prevenção do HIV, tratamento, cuidados e apoio no ambiente de trabalho.

A diretora-geral da OMS, Margaret Chan, destacou que se os países querem alcançar acesso universal aos serviços de HIV, um dos primeiros passos é garantir que todos os trabalhadores da área da saúde tenham tratamento acessível e eficaz.

Segundo a OMS, 1,7 milhão de pessoas morreram no ano passado por conta da Aids e foram registradas 2,5 milhões de novas infecções.

 

 

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 30 DE JULHO DE 2014
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 30 DE JULHO DE 2014
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

julho 2014
S T Q Q S S D
« jun    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031