Conselho de Segurança estende mandato da missão da ONU na Somália

Ouvir /

Resolução, aprovada esta quarta-feira,  prevê presença da Amisom no país até 7 de Março de 2013; força de 10 mil homens está a cargo de operações de apoio à paz no país do Corno de África.

Conselho de Segurança da ONU

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O Conselho de Segurança estendeu o mandato da Missão Conjunta da ONU e da União Africana na Somália, Amisom, por mais quatro meses. A decisão foi tomada, esta quarta-feira, numa reunião do órgão em Nova Iorque.

A resolução 2073 prevê que, até 7 de Março de 2013, a Amisom tome todas as medidas necessárias para "reduzir a ameaça representada pelas milícias Al Shabaab e outros grupos armados de oposição."

O objetivo é criar condições efetivas e legítimas para a governação da Somália, em coordenação com as forças de segurança do país.

Proteção

A Amisom deve, igualmente, apoiar o diálogo e a reconciliação na Somália, ao dar superte à "livre circulação, a segurança e a proteção de todos os envolvidos com o processo de paz e reconciliação."

O primeiro mandato da Amisom foi aprovado pelo Conselho de Segurança da ONU, um mês após ter sido criada pelo Conselho de Paz e Segurança da União Africana em Janeiro de 2007.

Conflito

Os cerca de 10 mil homens estão a cargo de operações de apoio à paz no país do Corno de África, afetado por um conflito de mais de duas décadas.

A última extensão foi feita a 2 de novembro de 2012, numa breve reunião dos membros do órgão que discutiu o mandato que havia terminado a 31 de Outubro.

Na altura, grande parte dos encontros na sede da ONU, em Nova Iorque, tinha sido cancelada devido ao impacto do furacão Sandy – que causou morte e destruição no leste dos Estados Unidos e na região das Caraíbas.

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 13 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 13 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031