Conferência sobre mudança climática em Doha debate Protocolo de Quioto

Ouvir /

Encontro, aberto nesta segunda-feira, reúne representantes de 194 países; relatora da ONU diz que apesar de implicações financeiras, as conversações também devem levar em conta a questão da solidariedade e da vida no planeta.

Poluição ambiental

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

Doha, capital do Catar, abriga a partir desta segunda-feira a Conferência sobre Mudança Climática das Nações Unidas, COP 18. O evento discute a segunda fase de cumprimentos do Protocolo de Quioto, marcada para expirar no fim deste ano.

Participam da reunião, representantes de 194 países.

Sobre a Mesa

Em comunicado, a relatora das Nações Unidas, Virginia Dandan, pediu aos governos que não pensem somente nos custos da mudança climáticas, mas que, acima de tudo, assumam um "compromisso forte" com a solidariedade internacional.

O objetivo é reforçar o plano para combater os altos níveis de emissões de dióxido de carbono pelas nações desenvolvidas. Para a relatora, a comunidade internacional tem que estar preparada para colocar mais do que o dinheiro sobre a mesa.

Rio + 20

Virginia Dandan disse que os países podem construir pontes que ajudem as comunidades afetadas pela mudança climática, sejam elas pobres ou ricas. Ela citou ainda investimentos, transferência de tecnologia e a parceria global para o desenvolvimento como uma das propostas para adoção.

A relatora lembrou que nenhum país atualmente no mundo tem como escapar dos efeitos da mudança climática.

Segundo Dandan, é hora dos líderes mundiais se levantarem com coragem para executarem a promessa que foi feita na Rio + 20 sobre o desenvolvimento sustentável.

A reunião em Doha, no Catar, deve terminar no próximo dia 7.

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 23 DE ABRIL DE 2014
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 23 DE ABRIL DE 2014
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

abril 2014
S T Q Q S S D
« mar    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930