Brasil eleito para o Conselho de Direitos Humanos

Ouvir /

Em votação na Assembleia Geral, país teve 184 votos; Argentina eVenezuela também conquistaram uma das 18 vagas cadeiras para o órgão.

 

Conselho de Direitos Humanos

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

 A Assembleia Geral da ONU elegeu nesta segunda-feira, em Nova York, o Brasil como um dos 18 novos membros do Conselho de Direitos Humanos. Eram três vagas disponíveis para o grupo da América Latina e Caribe, e as outras duas cadeiras serão ocupadas pela Argentina e Venezuela.

A embaixadora do Brasil nas Nações Unidas, Maria Luiza Ribeiro Viotti, falou à Rádio ONU em Nova York após a votação.

Apoio

"Esta foi uma eleição muito importante para o Brasil, estamos muito satisfeitos com o elevado nível de apoio que recebemos. Voltamos ao Conselho de Direitos Humanos com o desejo de fortalecer o trabalho coletivo, o trabalho da ONU em favor da promoção e proteção dos direitos humanos."

A votação foi secreta e foram eleitos os países que tiveram a maioria dos votos na Assembleia Geral. O Brasil conseguiu 184 votos e inicia o mandato em janeiro.

Estados Unidos

Entre os países africanos eleitos estão Etiópia, Gabão, Quênia e Serra Leoa. Cinco países vão representar a Ásia, incluindo Japão e Paquistão. Estados Unidos, Alemanha, Irlanda e Montenegro também conseguiram uma vaga no órgão.

O Conselho de Direitos Humanos, em Genebra, é formado por 47 membros, baseados em distribuição geográfica e que ocupam a cadeira por um período de três anos. Atualmente, Angola é o único país de língua portuguesa que ocupa uma vaga no Conselho.

O órgão tem a responsabilidade de promover e proteger os direitos humanos em todo o mundo; alertar sobre violações na área e fazer recomendações aos países.

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 19 DE SETEMBRO DE 2014
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 19 DE SETEMBRO DE 2014
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

setembro 2014
S T Q Q S S D
« ago    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930