Ban preocupado com confrontos nas colinas de Golã

Ouvir /

Conflitos entre forças aliadas ao governo da Síria e oposição provocaram resposta de Israel, que também faz fronteira com a região; Secretário-Geral fez apelo aos dois países.

Ban Ki-moon

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova York.*

 O Secretário-Geral da ONU expressou preocupação com relatos de confrontos entre forças de segurança da Síria e oposição armada nas colinas de Golã, o que teria gerado uma resposta de Israel. Ban Ki-moon apelou aos dois países para que exerçam moderação e coloquem um fim aos ataques.

A região, situada entre a Síria e Israel, é monitorada pela Força de Observação das Nações Unidas, Undof, desde 1974. O mandato da missão foi estendido até dezembro deste ano.

Aumento dos Conflitos

De acordo com agências de notícias, fogo de armas leves da Síria e um morteiro teriam atingido a área israelense nas colinas de Golã, levando Israel a retaliar o ataque. O mesmo teria ocorrido nesta segunda-feira.

Segundo nota divulgada pelo seu porta-voz no domingo, Ban Ki-moon estaria "profundamente preocupado com a possibilidade de uma escalada nos conflitos". Nenhum funcionário da ONU foi ferido.

Contenção

O Secretário-Geral pediu ainda máxima contenção e apelou tanto à Síria como a Israel que respeitem o acordo de desocupação, suas obrigações mútuas e ponham um fim aos disparos na zona de cessar-fogo.

A ONU estima que pelo menos 20 mil pessoas morreram na Síria, a maioria civis, desde que começaram os protestos contra o governo do presidente Bashar Al-Assad, em março de 2011.

*Apresentação: Leda Letra.

 

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 29 DE SETEMBRO DE 2014
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 29 DE SETEMBRO DE 2014
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

setembro 2014
S T Q Q S S D
« ago    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930