Conversa de Ban em site da China atrai 20 milhões de internautas

Ouvir /

Secretário-Geral respondeu a perguntas de usuários da mídia social Sina Weibo; ele está em viagem oficial ao país asiático.

Ban Ki-moon se prepara para conversa na China

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

O Secretário-Geral da ONU participou de uma conversa ao vivo com usuários da mídia social chinesa Sina Weibo. O bate-papo, nesta terça-feira, atraiu a atenção de 20 milhões de internautas, segundo estimativas preliminares.

Ban Ki-moon, que está em visita oficial à China, respondeu a perguntas dos usuários do Weibo logo que desembarcou em Pequim. Foram mais de 16 mil questões enviadas e Ban respondeu a 20 delas, sobre seu trabalho na ONU, a cooperação entre China e África e o papel das mídias sociais.

África

Ao ser questionado sobre a Rio+20, o Secretário-Geral lembrou que a conferência "foi um sucesso enorme", colocando o mundo "rumo ao caminho da sustentabilidade."

Ban, que vai participar da abertura do Fórum sobre a Cooperação China-África, explicou aos internautas que muitos países africanos passam por dificuldades econômicas e sociais.

Na opinião dele, a China tem feito um "grande esforço em ajudar essas nações a enfrentar" crises, destacando a promoção da cooperação Sul-Sul.

Plataforma Popular

Em quase uma hora de interação ao vivo, Ban Ki-moon também expressou sua visão sobre a urbanização, a crise na Síria, a reforma das Nações Unidas e sua simpatia pela cultura chinesa.

O perfil da ONU no Sina Weibo – uma popular plataforma chinesa que inclui elementos do Facebook e do Twitter – tem mais de dois milhões de usuários. Muitos jovens da China buscam a página para aprender sobre o papel das Nações Unidas.

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 24 DE ABRIL DE 2014
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 24 DE ABRIL DE 2014
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

abril 2014
S T Q Q S S D
« mar    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930