Banco Mundial elege Jim Yong Kim para novo presidente do órgão

Ouvir /

Após anúncio, conselho diretor do Banco agradeceu a atual detentor do cargo, Robert Zoellick, pela "dedicação na luta contra a pobreza em todo o mundo."

Jim Yong Kim

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

O Banco Mundial informou que elegeu o coreano, naturalizado americano, Jim Yong Kim, para a presidência do órgão.

O anúncio foi feito, nesta segunda-feira, pelo conselho diretor do Banco. Kim, que é físico de formação, havia sido nomeado para a chefia do Banco Mundial, pelo presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, no mês passado.

História

A eleição do coreano ocorreu já com base num novo processo de seleção, acordado em 2011, pela primeira vez na história do Banco Mundial. O critério previa indicações de candidatos de qualquer país e não só dos Estados Unidos. O escolhido foi o cidadão americano, nascido na Coreia do Sul.

O mandato de Jim Yong  Kim será de cinco anos e deve começar em 1º de julho. O conselho diretor agradeceu ao atual presidente, Robert Zoellick, pelo engajamento dele na luta contra a pobreza. Além de Kim, concorreram também a nigeriana Ngozi Okonjo-Iweala e o colombiano José Antonio Ocampo.

O novo presidente do Banco Mundial já dirigiu o departamento de HIV/Aids da Organização Mundial da Saúde, OMS. Ele também lecionou na Universidade de Medicina de Harvard. Em 2006, ele foi escolhido pela revista Times como uma das "100 pessoas mais influentes do mundo".

Jim Yong Kim nasceu na Coreia do Sul em 1959 e se mudou para os Estados Unidos com cinco anos de idade. Ele é casado e tem dois filhos.

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 20 DE OUTUBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 20 DE OUTUBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

outubro 2017
S T Q Q S S D
« set    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031