Vulcão na Islândia expõe vulnerabilidade do mundo

Representante especial de Ban Ki-moon para a Redução de Desastres enfatizou que os eventos dos últimos dias na Europa demonstraram a importância de implementar planos de contingência para lidar com os riscos associados a vulcões.

Cinzas do vulcão

Cinzas do vulcão

Carlos Araújo, da Rádio ONU em Nova York.*

A recente erupção vulcânica na Islândia, que provocou o cancelamento de milhares de voos na Europa durante cerca de uma semana, expôs a vulnerabilidade do mundo a esses eventos e ressaltou a necessidade para planos globais de diminuição de impactos no futuro.

A afirmação fei feita nesta quinta-feira pela representante especial de Ban Ki-moon para a Redução de Desastres, Margareta Wahlström. Ela disse que o mundo só avalia as consequências negativas dos desastres depois que acontecem.

Atrasos

Apesar dos voos terem recomeçado nos últimos dias, milhares de passageiros continuam a ser afetados e a ameaça de novas erupções significa que mais atrasos são possíveis.

A Estratégia Internacional da ONU para a Redução de Desastres, Isdr, fez um apelo aos governos europeus para integrarem os riscos associados a atividades vulcânicas na sua legislação e políticas de aviação.

Margareta Wahlström enfatizou que os eventos dos últimos dias na Europa demonstraram a importância de implementar planos de contingência a níveis regional e internacional, além dos nacionais, para lidar com os riscos associados a vulcões.

Cientistas vão se reunir nas Ilhas Canárias, na próxima semana, para discutir a gestão de atividades vulcânicas, particularmente o efeito em grandes cidades.

*Apresentação: Daniela Traldi, da Rádio ONU, em Nova York.

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 14 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 14 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031