Sarampo já causou 185 mortos na África Central e Ocidental

Segundo a OMS, ressurgimento da doença deve-se a uma dimunição de fundos para financiar campanhas de vacinação contra a doença; 2010 é um ano crucial nos esforços para cumprir o objectivo da ONU de reduzir a mortalidade pelo sarampo em 90% nesta última década.

Sarampo ainda mata

Sarampo ainda mata

Carlos Araújo, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Um surto de sarampo afecta 16 países da África Ocidental e Central, com mais de 22 mil casos e 185 óbitos nos primeiros três meses deste ano.

Segundo a Organização Mundial da Saúde, OMS, um déficit de quase US$ 60 milhões a nível mundial e US$ 16 milhões no continente africano no financiamento de campanhas contra a doença colocou muitas crianças em risco de contrairem o sarampo.

Declínio

A agência da ONU disse que as campanhas de imunização, tanto as de rotina como as especiais, devem ser sustentadas e implementadas de forma eficaz.

Durante o período 2000-2008, registou-se um declínio de 92% nos casos de sarampo em África graças a esforços dos governos africanos com a ajuda de parceiros internacionais, incluindo as Nações Unidas.

A OMS revela, contudo, que a maior parte das nações das regiões central e oeste do continente só vacinaram 80% ou menos das suas populações através de campanhas de rotina. A agência recomenda uma taxa mínima de imunização de 95%.

Segundo o director regional da agência para África, Luís Sambo, surtos da doença reaparecem a cada três ou quatro anos quando essa fasquia não é atingida.

A maior parte das crianças que não são vacinadas podem ser encontradas nas comunidades mais pobres e vulneráveis, sem acesso a serviços de saúde. A OMS afirma que é essencial atingir essas crianças, particularmente no contexto de insegurança alimentar e malnutrição generalizada.

Mortalidade

2010 é um ano crucial nos esforços para cumprir o objectivo da ONU de reduzir a mortalidade pelo sarampo em 90% nesta última década.

A Organização Mundial da Saúde diz que os progressos feitos até agora no combate à doença serão ameaçados se nada for feito para combater o ressurgimento do sarampo.

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 11 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 11 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031