Capacetes azuis da Unamid são libertados em Darfur

Missão conjunta da ONU e da União Africana em Darfur anunciou nesta segunda-feira libertação de dois homens e duas mulheres; eles haviam sido raptados em 11 de abril.

Ibrahim Gambari

Ibrahim Gambari

Carlos Araújo, da Rádio ONU em Nova York.*


A missão conjunta da ONU e da União Africana em Darfur, Unamid, anunciou nesta segunda-feira a libertação dos quatro capacetes azuis da África do Sul que tinham sido raptados em 11 de abril.

O chefe da missão, Ibrahim Gambari, que se deslocou a Nyala para receber os militares, disse que estava orgulhoso pela coragem que tinham demonstrado em circunstâncias difíceis.

Satisfação

Ele manifestou satisfação por ter os colegas de volta à Unamid e elogiou o papel do governo sudanês e das autoridades locais na libertação.

Os quatro capacetes azuis, dois homens e duas mulheres, estiveram presos durante 16 dias. Eles foram vistos pela última vez no domingo, 11 de abril, quando se preparavam para sair da base, perto de Nyala, no estado de Darfur Sul, para suas residências, a sete km de distância.

Gambari afirmou esperar que tenha sido a última vez que funcionários da ONU, tanto civis como militares, são sujeitos a experiências tão penosas e inaceitáveis.

África do Sul

O anúncio de libertação acontece após reunião de domingo entre o chefe da Unamid e o presidente do Sudão, Omar al-Bashir, durante a qual o líder sudanês prometeu fazer tudo ao seu alcance para libertar os capacetes azuis.

Após serem submetidos a exames médicos, os militares viajarão para a África do Sul onde se juntarão às suas famílias.

*Apresentação: Daniela Traldi, da Rádio ONU, em Nova York.

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 14 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 14 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031