Campanha da ONU vacina milhões de crianças contra pólio em África

Segundo o Unicef, desta vez não houve qualquer resistência ao programa que tem tido forte apoio de governos locais; suspensão de voos na Europa obrigou ao adiamento da campanha em alguns países.

Vacinação contra pólio

Vacinação contra pólio

Carlos Araújo, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O Fundo da ONU para a Infância, Unicef, informou esta quarta-feira que se registaram progressos na campanha para vacinar milhões de crianças contra o pólio na África Central e Ocidental.

O programa foi lançado o mês passado pela agência em parceria com a Organização Mundial da Saúde, OMS, e visa imunizar 95 milhões de crianças com menos de cinco anos na região.

Resistência

O Unicef disse que desta vez não houve qualquer resistência à campanha que tem tido um forte apoio de governos locais.

O porta-voz do órgão para a África Ocidental, Martin Dawes, notou que a doença voltou a emergir em nações da região que não conheciam casos há muitos anos.

Dawes afirmou que é preciso travar a poliomielite e que isso só será possível com a vacinação do maior número possível de crianças. O porta-voz do Unicef salientou que a primeira ronda de imunização foi bem sucedida.

Ele notou que se registaram alguns problemas logísticos incluindo a falta de acesso a zonas remotas e mobilidade populacional que precisam ser resolvidos antes do início da segunda fase este fim de semana.

Adiamento

A agência das Nações Unidas revelou ainda que a campanha foi afectada pela suspensão de voos na Europa, causada pelo erupção vulcânica na Islândia.

Segundo o Unicef, cerca de 15 milhões de doses da vacina contro o pólio estão bloqueadas naquele continente, o que forçou o adiamento da imunização na Serra Leoa e Burkina Faso.


JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031